O Cristo da nossa fantasia




Uma das passagens mais misteriosas do Novo Testamento é a que narra o encontro entre Jesus e dois dos Seus discípulos no caminho de Emaús. O que chama mais a atenção neste episódio é o fato de eles não O reconhecerem de primeira mão. O que os impediu, afinal? Ainda que fossem discípulos novatos, provavelmente já haviam estado com Ele o suficiente para reconhecê-lo. Em vez disso, travaram um diálogo onde demonstraram o quão frustrados estavam pelo fim fatídico que havia tido o seu mestre três dias antes.


Jesus se aproxima como se fosse um peregrino qualquer. Propositadamente, não se apresenta. Apenas pergunta do que se lamentavam. Eles o respondem grosseiramente: “És tu só peregrino em Jerusalém, e não sabes as coisas que nela têm sucedido nestes dias” (Lc. 24:18)?

Porque algumas pessoas são mais picadas por mosquitos do que outras ?

Essa pergunta sempre me perseguiu, pois sempre sou bastante picado por esses visitantes indesejáveis.

A noite passada acordei umas três vezes por causa da coceira. Até já aprendi que, melhor do que passar álcool, é tomar banho e passar bastante uma bucha com sabonete.

Minha avó dizia que era porque o sangue de algumas pessoas são mais doces do que outras. Impressionante !!!!

Mas a verdade é o que trago abaixo, extraído da Revista Superinteressante, que compartilho com vocês agora.


Entenda a Bíblia