O Cristo da nossa fantasia




Uma das passagens mais misteriosas do Novo Testamento é a que narra o encontro entre Jesus e dois dos Seus discípulos no caminho de Emaús. O que chama mais a atenção neste episódio é o fato de eles não O reconhecerem de primeira mão. O que os impediu, afinal? Ainda que fossem discípulos novatos, provavelmente já haviam estado com Ele o suficiente para reconhecê-lo. Em vez disso, travaram um diálogo onde demonstraram o quão frustrados estavam pelo fim fatídico que havia tido o seu mestre três dias antes.


Jesus se aproxima como se fosse um peregrino qualquer. Propositadamente, não se apresenta. Apenas pergunta do que se lamentavam. Eles o respondem grosseiramente: “És tu só peregrino em Jerusalém, e não sabes as coisas que nela têm sucedido nestes dias” (Lc. 24:18)?

Porque algumas pessoas são mais picadas por mosquitos do que outras ?

Essa pergunta sempre me perseguiu, pois sempre sou bastante picado por esses visitantes indesejáveis.

A noite passada acordei umas três vezes por causa da coceira. Até já aprendi que, melhor do que passar álcool, é tomar banho e passar bastante uma bucha com sabonete.

Minha avó dizia que era porque o sangue de algumas pessoas são mais doces do que outras. Impressionante !!!!

Mas a verdade é o que trago abaixo, extraído da Revista Superinteressante, que compartilho com vocês agora.


Como Deus prepara missionários

COMO DEUS PREPARA MISSIONÁRIOS

E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:15

Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra. Atos 1:8

E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;
E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.



Essa mensagem Deus me deu para pregar na Manhã Missionária, em um Congresso que houve aqui na minha cidade.

O que aprendi sobre oração com as minhas ceroulas



Paz do Senhor;
Li esse excelente artigo no blog do Maurício Zágari - APENAS.
Leia, e depois visite o blog Apenas, tem muita coisa boa lá ;-)

Vamos ao texto:


Moro na rua em cuja extremidade foi montado o palco para a apresentação do papa na Jornada Mundial da Juventude. Em outras palavras, isso significa que todo e qualquer tipo de inconveniente causado por esse megaevento me atingiu: engarrafamentos colossais, gente gritando e cantando o dia inteiro (e a noite… e a madrugada…) embaixo da minha janela e perturbando o sono de minha filha, dificuldade de deslocamento (minha rua foi premiada com barreiras que impediam o acesso de carros), montanhas de lixo deixadas pelos peregrinos na minha calçada. Enfim: fiquei no olho do furacão, tendo de suportar todo tipo de incômodo proporcionado pelo evento (e que fique claro que isso não tem nada a ver com o fato de ser católico romano: poderia ser budista, espírita ou evangélico, os inconvenientes seriam iguais).
Decidi, então, aproveitar o feriado municipal e fugir do papa e dos gigantescos transtornos que ele e seus peregrinos trouxeram ao Rio de Janeiro. Escapei para um chalé à beira de um lago em Penedo, cidadezinha de montanha que amo, no estado do Rio. Que alívio. Só que tem um detalhe: o frio oscilava entre 2 e 7 graus Celsius. E, aí, congelei. Como bom carioca, não estou habituado a conviver com o frio extremo. Por isso, ao chegar a Penedo me deparei com um grande problema: só levei um par de calças. Jeans. Já usou jeans no frio de 2 graus? Acredite: parece que saíram do freezer. É torturante. E ali me vi eu, em agonia, com calças polares. E parecia que não tinha nada que eu pudesse fazer.

Foi quando me lembrei de que havia algo à minha disposição que poderia me livrar daquela tortura.

Alguns anos atrás, quando viajei para países frios, como Suíça e a Áustria, comprei ceroulas. Aqui no Brasil essa é uma peça de vestuário bastante incomum, pois somos um país bem quente. Lá são de uso comum. Mas a verdade é que ceroulas são extremamente úteis no frio. São como calças de pijama, só que aderem mais ao corpo, e as vestimos por baixo das calças. Acredite: por mais que pareça engraçado ou estranho usar ou até falar sobre ceroulas, quando viajo a um lugar muito frio sem elas eu sofro. Não queira usar calças jeans a 2 graus sem elas: parece que nossas pernas estão enfiadas na neve. Por isso, quando achei na minha mochila as ceroulas compradas para aquela viagem foi como se um coral de anjos começasse a cantar o Aleluia de Handel. Alívio. Conforto. E paz. Graças a algo a que não estou muito habituado a usar e a que, por isso, não me lembrava de recorrer, fui salvo de ficar três dias congelado da cintura para baixo.

Em nossa vida espiritual, muitas vezes vivemos situações difíceis, torturantes, de agonia. Nos deparamos com becos sem saída nos quais parece que não há nada o que fazer. Nos vemos impotentes diante de grandes dificuldades da vida. A sensação é que estamos vivendo um inferno congelante, do qual não há escapatória. Olhamos ao redor e parece que a ajuda nunca chegará, que ninguém ouve nossos apelos, que só nos resta nos conformar com a dor e o sofrimento, abaixar a cabeça e chorar.

Só que muitas vezes nos esquecemos de algo que usamos vez ou outra, algo que frequentemente fica esquecido e guardado em um canto mofado de nossa espiritualidade. Algo que aquece a alma e esquenta o coração. Que, assim como as ceroulas que usamos tão pouco mas são a salvação no momento de tribulação, cai às vezes no ostracismo até que nos lembremos de que temos esse recurso sempre à disposição: oração.

Sejamos francos: falamos muito mais de oração do que oramos. Oramos pouco. E, por orar pouco, muitas vezes a oração fica esquecida num canto mofado e escuro do nosso armário espiritual. Está ali, ao nosso dispor, com um potencial enorme de nos livrar de muitas tribulações, mas simplesmente não recorremos a ela. Pense em quantas vezes você ficou doente e antes mesmo de orar foi tomar remédios e procurar o médico. Pense na frequência com que tenta resolver algo com suas próprias forças em vez de dobrar os joelhos e falar com o Senhor. Pense nas aflições e dores que poderia evitar caso clamasse a Deus rotineiramente. Pense na oração que está ao alcance de suas mãos mas você simplesmente não usa, assim como eu e minhas ceroulas.

A oração é extremamente menosprezada em nossos dias. É vista como um complemento da fé e não como um de seus alicerces. Muitas vezes, até mesmo como uma chatice, uma penosa obrigação. Ninguém me obrigou a usar as ceroulas, mas elas viabilizaram que eu passasse dias agradáveis no frio. Ninguém te obriga a orar, mas a oração viabiliza que você supere períodos de tribulação sob a mão e a direção de Cristo. Tampouco me senti incomodado por usar as ceroulas, assim como não devemos nos incomodar quando nos convidam a orar, a participar de um culto de intercessão, a fazer parte de um grupo de oração. Ou mesmo quando o Espírito Santo de Deus nos chama a orar entre as quatro paredes de nosso quarto.

Nunca imaginaria que logo o papa seria, indiretamente, o responsável por me conduzir a uma reflexão sobre oração. E, por isso, apesar da enormidade do transtorno que a presença dele trouxe a minha vida e à de milhões de cariocas, tenho de lhe agradecer. Obrigado, Sr. Jorge Mario, por, depois de me atrapalhar tanto, ter me proporcionado dias tão agradáveis em Penedo. E, mais importante do que isso: por acabar me conduzindo, por caminhos estranhos, a pensamentos sobre oração. Não serei hipócrita: confesso que torço para que demore muito a haver no Rio novos eventos como a Jornada Mundial da Juventude, para que eu não tenha de fugir de minha própria cidade graças aos enormes incômodos como os que a vinda do papa me provocou.

Por outro lado, peço a Deus que a disponibilidade e a urgência da oração permaneçam sempre presentes em nossa vida – e isso, todos os dias. Que nunca esqueçamos aquilo que Deus pôs ao nosso dispor, como artigo de primeira necessidade, em algum canto mofado da nossa vida de fé. Obrigado, Senhor, pelo privilégio de poder orar.

Paz a todos vocês que estão em Cristo,
Maurício

Pescadores sem peixe

A parábola dos pescadores sem peixes

Era uma associação de pescadores, que viviam no meio de rios e lagos, cheios de peixes famintos. 
Eles se reuniam regularmente para discutir sobre o chamado para pesca, a abundância de peixes e a emoção de pegar peixes. Ficavam muito animados com o assunto da pescaria.

Alguém sugeriu que o grupo precisava de uma filosofia de pesca. Assim, cuidadosamente, definiram e redefiniram a pesca e o propósito da pescaria. Desenvolveram estratégicas e táticas. De repente perceberam que haviam começado de trás para frente – haviam se interessado pela pescaria do ponto de vista do pescador, e não do ponto de vista do peixe. Como o peixe vê o mundo? Como vê o pescador? O que e quando o peixe come? Era importante entender essas coisas.

Por isso, iniciaram estudos e pesquisas. Participaram de conferências sobre a pescaria. Muitos viajaram a lugares longínquos para estudar diferentes tipos de peixes, com diferentes hábitos. Alguns obtiveram. Ph.D em piscicultura. Contudo, ninguém havia ido pescar.

Formou-se, então, um comitê para enviar pescadores. Por isso, o comitê precisava determinar prioridades. A lista de prioridades foi colocada em quadros de avisos em todos os salões da associação. Mas, como antes, ninguém estava pescando ainda. Foi feita uma pesquisa para saber por quê. A maioria respondeu ao questionário, mas, entre os que responderam, descobriu - se que alguns se sentiam chamados para estudar a pesca, para fornecer equipamentos de pesca e outros, ainda, para encorajar os pescadores. E, com tantas reuniões conferências e seminários, simplesmente não tiveram tempo pra pescar.


Jacó era novato na associação de pescadores. Depois de uma reunião muito animada, ele foi pescar. Fez algumas tentativas, pegou o jeito e conseguiu pegar um lindo peixe! Na reunião seguinte, ele contou sua historia e foi elogiado pelo sucesso. Acabou sendo convidado para falar em todos os núcleos da associação e contar como havia sido a sua pescaria. Assim, com tantos compromissos e por ter sido eleito para a diretoria da associação, Jacó nunca mais teve tempo para pescar.

No entanto, não demorou muito e ele começou a se sentir intranquilo e vazio. Teve saudades da pesca propriamente dita, de sentir o puxão no anzol. Assim, decidiu deixar a diretoria da associação, bem como os demais compromissos com os núcleos, e convidou um amigo para ir pescar com ele. 
Os dois foram – sozinhos – e pegaram peixes. Os membros da associação de pescadores eram muitos e os peixes eram abundantes.

Mas os pescadores continuavam sendo muito poucos.


Autor desconhecido

Ingredientes de um casamento feliz - COMPLETO

Conheça agora 7 ingredientes para fazer de seu casamento, um casamento feliz.





1 - Ame, ame e ame
As muitas águas não podem apagar este amor, nem os rios afogá-lo; ainda que alguém desse todos os bens de sua casa pelo amor, certamente o desprezariam. Cânticos 8:7


2 - Tenha paciência, ninguém é perfeito  
Pela longanimidade se persuade o príncipe, e a língua branda amolece até os ossos. Provérbios 25:15



3 - Respeito mútuo
Vós, mulheres, estai sujeitas a vossos próprios maridos, como convém no Senhor.  Colossenses 3:18-19


Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações. 1 Pedro 3:7


4 - Dedique-se ao sucesso do seu casamento (entregar, oferecer)
Não deixes de fazer bem a quem o merece, estando em tuas mãos a capacidade de fazê-lo. Provérbios 3:27


5 - Seja sincero sempre
Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. 2 Coríntios 13:8


6 - Aja com Responsabilidade
Responsabilidade com a casa, com as contas, com a Igreja, com Cristo Jesus
Mas eu vos digo que de toda a palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo. Mateus 12:36


7 - Seja Solidário, ajude um ao outro...
Um ao outro ajudou, e ao seu irmão disse: Esforça-te.  Isaías 41:6


Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante. Eclesiastes 4:10

A figueira já deu os seus figos verdes, e as vides em flor exalam o seu aroma; levanta-te, meu amor, formosa minha, e vem. Cânticos 2:13

As necessidades da ovelha

AS NECESSIDADES DA OVELHA
criada em rebanhos, animal sensível, dócil, sem defesa natural




1 - Pastos verdes
⇨ Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.João 6:33
⇨ Abençoarei abundantemente o seu mantimento; fartarei de pão os seus necessitados.Salmos 132:15
Este é o pão que desceu do céu; não é o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram; quem comer este pão viverá para sempre.João 6:58
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? Mateus 25:37
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Mateus 25:40



2 - Paz interior (águas tranquilas / refrigera minha alma)
Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.João 16:33
Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.João 14:27



3 - Um advogado (veredas da justiça)
⇨ Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.1 João 2:1
⇨ E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou.Romanos 8:30



4 - Companhia do pastor
⇨ E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.João 14:3
⇨ eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.Mateus 28:20b



5 - Vitória sobre o inimigo (Mesa preparada na presença dos inimigos)
Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, porém do SENHOR vem a vitória.Provérbios 21:31
Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé.1 João 5:4



6 - Unção
usava-se o azeite: 1 - depois do banho para perfumar 2 - bebida como remédio 3 - nas feridas para cicatrizar
representa também a presença do Espírito Santo
Mas o que nos confirma convosco em Cristo, e o que nos ungiu, é Deus,O qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações. 2 Coríntios 1:21-22



7 - Um lugar para habitar (na casa do Senhor)
⇨ Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus.2 Coríntios 5:1
⇨ E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.João 14:3
⇨ E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.Apocalipse 21:4

A Unção faz a diferença

A unção é necessária para se fazer a obra missionária
Atos 1:8  -  Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.



Alguns fatos sobre a unção do rei Davi

Deus sabe o que faz, ele não te ungiu por um acaso - escolheu Davi por ser melhor que Saul
Então Samuel lhe disse: O SENHOR tem rasgado de ti hoje o reino de Israel, e o tem dado ao teu próximo, melhor do que tu. 1 Samuel 15:28

Deus ungiu Davi no meio de seus irmãos
Então Samuel tomou o vaso de azeite, e ungiu-o no meio de seus irmãos; e desde aquele dia em diante o Espírito do SENHOR se apoderou de Davi; então Samuel se levantou, e voltou a Ramá. 1 Samuel 16:13

Imagine a cena: o pai e os irmãos olhando, Samuel ungi Davi, agradece a atenção, elogia a comida, põe sua capa, e vai embora, volta a Ramá, tratando Davi como Rei, vossa majestade. A porta da casa de Jessé se fecha. Davi está encharcado de azeite / óleo.... um tempo de silêncio..... Eliabe então fala: ei, vc trancou as ovelhas? Davi responde: não deu tempo, vim correndo. Abinadabe então diz: então limpa essa sujeira toda e corre lá.. elas devem estar todas espalhadas.
Ninguém ligou para a unção de Davi, ninguém o chamou de Rei, pensavam que Samuel estava ficando louco.

A unção fez a grande diferença quando enfrentou Golias
Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do SENHOR dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. 1 Samuel 17:45
E Davi pôs a mão no alforje, e tomou dali uma pedra e com a funda lha atirou, e feriu o filisteu na testa, e a pedra se lhe encravou na testa, e caiu sobre o seu rosto em terra. 1 Samuel 17:49

*** O normal seria o gigante cair para trás ou para o lado, devido ao choque frontal da pedra...

Porém Deus faz tudo certo e diz a Davi:
Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Eu te tomei da malhada, de detrás das ovelhas, para que fosses o soberano sobre o meu povo, sobre Israel. 2 Samuel 7:8

Com isso tiramos algumas conclusões:
1 - Deus prometeu derramar unção para que vc seja testemunha
2 - Deus não te escolheu por acaso, Ele sabe que você tem potencial.
3 - Deus derrama unção sobre você no meio de teus irmãos.
4 - Pode ser que ninguém ligue pra você, pode ser que parece que tudo vai dar errado... mas você foi ungido, escolhido e chamado, e ninguém tem autoridade para impedir isso.
5 - Hoje Ele te lembra de onde te chamou (de detrás das malhadas)
6 - A unção faz você ser vencedor:

E acontecerá, naquele dia, que a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo do teu pescoço; e o jugo será despedaçado por causa da unção  Is 10:27

Armando Filho - Outra vez

Paz do Senhor Jesus.

Essa música é linda demais, sempre que ouço, meu coração quebranta diante do Todo Poderoso.

Outra Vez, com Armando Filho.











"Quem sabe hoje aqui, angústias vão ter fim..."

Voz da Verdade - Não tinha onde chorar

Paz do Senhor Jesus,

Para confortar a alma, um lindo hino do grupo Voz da Verdade.

Não tinha onde chorar !!!






O que você achou dessa canção ??

Voz da Verdade - Lute

Paz do Senhor Jesus.

Hoje trago um vídeo com o hino "Lute", do grupo Voz da Verdade.

Tenho um carinho especial por essa canção, pois foi uma das várias que ouvia no começo da minha conversão, em um período de provação extrema.

Com vocês.... Lute

 

Prova de amor

Paz do Senhor Jesus,

Encontrei esse texto na internet, e achei muito interessante compartilhar com vocês.

Os créditos estão no fim da postagem



Há muito tempo atrás, um casal de velhinhos que não tinha filhos, moravam em uma casinha humilde de madeira, levando uma vida muito tranqüila, alegre. 
Ambos se amavam muito e eram felizes. 
Um dia aconteceu um acidente com a senhora.

Ela estava trabalhando em sua casa quando começa a pegar fogo na cozinha e as chamas atingem todo o seu corpo, o esposo acorda assustado com os gritos e vai a sua procura, quando a vê coberta pelas chamas imediatamente tenta ajudá-la e o fogo também atinge seus braços e mesmo em chamas consegue apagar o fogo.

 
Quando chegaram os bombeiros já não havia mais fogo 
apenas fumaça e parte da casa toda destruída. 
Levaram rapidamente o casal para o hospital mais próximo, onde foram internados em estado grave. 
Após algum tempo aquele senhor menos atingido pelo fogo saiu da UTI e foi ao encontro de sua amada. 
Ainda em seu leito a senhora toda queimada, pensava em não viver mais, pois estava toda deformada, as chamas queimaram todo o seu rosto.

Chegando ao quarto de sua senhora, logo ela foi falando: 
- Tudo bem com você meu amor? 
Sim respondeu ele, pena que o fogo atingiu os meus olhos e eu não posso mais enxergar, mas fique tranqüila, amor, que a sua beleza está gravada em meu coração para sempre. 
Então,a velha senhora triste pelo esposo, disse-lhe: 
- Deus vendo tudo o que aconteceu a meu marido, tirou-lhe a visão para que não presencie esta deformidade em que eu fiquei.
As chamas queimaram todo o meu rosto e estou parecendo um monstro.

Passando algum tempo recuperados, voltaram para casa onde ela fazia tudo para seu querido esposo e ele todos os dias dizia-lhe: como eu te amo!
E assim viveram 20 anos até que a senhora veio a falecer.

No dia de seu enterro quando todos se despediam então veio aquele senhor sem seus óculos escuros e com sua bengala nas mãos, chegou perto do caixão, beijando o rosto e acariciando sua amada disse em um tom apaixonante disse:
-"Como você é linda meu amor eu te amo muito".
Ouvindo e vendo aquela cena um amigo que estava ao lado perguntou se o que tinha acontecido era um milagre, e olhando nos olhos dele o velhinho apenas falou: 
"Nunca estive cego, apenas fingia, pois quando a vi toda queimada sabia que seria duro para ela continuar vivendo daquela maneira".

Foram vinte anos vivendo ambos muito felizes e apaixonados!!!
Essa foi uma das mais lindas provas de amor que já existiu de um homem para uma mulher.

Fonte:
http://vozesharmonicas.multiply.com/market/item/10/10

Entenda a Bíblia