Páginas em branco

Paz do Senhor Jesus,
 
Quero compartilhar com você algo que aconteceu comigo.

No ano de 1998, comecei a passar por diversas perseguições. As lutas estavam se tornando insuportáveis.

Comecei a entrar em depressão. Remédios de tarja preta. Consultas médicas. Sonolência, profunda tristeza, mesmo sabendo que o SENHOR não me desampararia.

Acordava de madrugada com falta de ar, gritos, desespero.

Minha esposa Patricia sofria muito, quando decidiu pedir para as irmãs do Círculo de Oração para que intercedessem em meu favor.

Numa manhã tive esse sonho:

Estava nos primeiros bancos da Igreja, quando o Pastor, do púlpito, pediu a um irmão que mostrasse para mim o que ele teria que mostrar.

Ficou em minha frente um homem alto que abriu um livro.

Ele começou a folhear esse livro.

Eu entendia que o que estava escrito lá, era a minha vida, momentos de minha vida.

Numa certa altura do livro, começaram a aparecer páginas em branco.



Pensei comigo "Senhor, tu está sendo injusto comigo, pois não escreveu muitas páginas de minha vida".

Nesse instante, aquele homem me disse: "nessas páginas em branco era para ser escrito todo o mal que haveria de vir em sua vida, mas não veio por causa da oração da minha Igreja"

Nisso vi muitas irmãs de joelhos dobrados orando ao Senhor.

Desse dia em diante, fui curado.

Sempre que passo por algum momento difícil, me lembro desse sonho/revelação.

Deus cuida de nós, mesmo que pensemos que estamos passando despercebidos pelo Senhor.
Ele cuida de você.

Seu irmão em Cristo
Pb Luis Alberto

Quando a tristeza bate no peito



Às vezes passamos momentos difíceis na vida em que pensamos em desistir de tudo.
Pensamos "não aguento mais, não dá mais"

A Bíblia nos conta a história de dois homens. Não simples homens. Eram discípulos de Cristo. Presenciaram milagres. Viram doenças deixando corpos e paralíticos levantando. Comeram do pão que havia sido mulltiplicado. Beberam do vinho que milagrosamente foi transformado da água.

Viveram com Jesus, riram juntos, comeram juntos.
Mas de repente tudo mudou. O Rei dos Reis foi morto numa cruz. Humilhado, chicoteado, escarnecido e por fim crucificado. E eles não puderam fazer nada para mudar. Talvez, se pudessem, não o fariam por medo. Afinal, enfrentar Roma era mortal.

A dor e a tristeza era tão grande que esses dois resolveram partir para uma nova vida.
"Vamos para Emaús", pensaram, "longe de tudo o que nos faz lembrar Dele".
No meio do caminho, aproximou-se um viajante que, questionando-os, os fez lembrar de tudo.
Aquele viajante os fez entender, pelas escrituras, que deveria ser assim.

Quando chegaram a aldeia de Emaus, o viajante fez que ia mais longe, mas os discipulos disseram "não vá, mas fique com a gente, comamos pão, amanhã cedo você vai para seu caminho"
O viajante ficou. Ele sempre fica.
Deu graças pelo pão, o partiu. Nisso se fez conhecer... era Ele... o que havia sido morto... era Ele.

Os discipulos não puderam dormir. Voltaram imediatamente para Jerusalém.
Agora, não mais tristes, mas alegres e exultantes.

Sabe o que essa história nos fala hoje? Que, apesar de nossas tristezas, nossa tomada de posição errada, apesar de, para nós não haver mais solução, e quando só há tristeza...... ELE APARECE.

Feche os olhos e sinta... Ele está ao seu lado... como aquele viajante, faz arder nossos corações.

Peça "Senhor, fica comigo"
Com certeza, Ele ficará... Ele não quer te ver triste. Aliás, em Sua presença até a tristeza salta de alegria.
Levante a cabeça, volte para Jerusalém. Ele te aguarda. Tire a tristeza do peito.

Ah, ia me esquecendo. Olhe para a mão Dele. Parece ser um lenço. É isso mesmo! Ele veio para enxugar suas lágrimas.



seu irmão em Cristo.
Pb Luis Alberto

Síndrome de Marta

Há crentes que vivem como Marta.
Atarefada, afadigada, vive servindo, mas de maneira equivocada.

Pensam agradar ao Mestre. Mas como agradar o mestre, quando se está irada com a irmã? "Mestre, fale para minha irmã me ajudar", "não me deixe servir só".
O grande problema de Marta não era a quantidade de serviços que ela estava fazendo.
Ela não está zangada por ter que servir Jesus e os discípulos.

Seu grande problema é que ela teria que servir também a irmã.

Por isso ela se irritou. "Não vou servir sozinha, minha irmã tem que me ajudar".
Porém Jesus disse "Marta, sua irmã Maria escolheu a boa parte que não será tirada".

Sirva Jesus.
Sirva seu irmão.
Sirva sem se zangar, sirva de coração.

Afinal, somos servos uns dos outros

Pb Luis Alberto

O desafio do cristão do século XXI

Guerras, fomes, terremotos, epidemias, caos na economia mundial, terrorismo, bomba nuclear.

Esse é o cenário do mundo em que vivemos.

Estamos vivendo o momento que Jesus chamou de "fim dos tempos".

Você já reparou como está difícil encontrarmos AMOR?

Não o amor romântico ou fraterno, mas amor pelo próximo, amor pelas almas, amor de uma maneira tal que chega a queimar o peito. Pois é... no fim dos tempos o amor seria quase instinto "por aumentar a iniquidade o amor se esfriará".

Não há mais tempo para fingirmos de ser cristãos, não há tempo para discussões, intrigas, disse que disse, fofocas.

O tempo que temos, devemos investir em proclamar o Evangelho da salvação.

Vamos viver a evangelização. Fale do amor de Deus. Alguém precisa ouvir.

Não nos conformemos em ir a Igreja aos domingos, cantar, pregar..... vamos viver, respirar santidade. Vamos orar. É tempo de despertarmos irmãos.

Vamos dar glórias a quem é devido - Jesus

Parece que estou ouvindo uma voz dizer: "a quem enviarei? Quem há de ir por nós"

Eis-me aqui Senhor, envia-me a mim.

Seu irmão em Cristo
Pb Luis Alberto

Entenda a Bíblia